• Standard Contabilidade

Como formar PREÇO de um produto ou serviço

Quando vamos abrir uma empresa ou a empresa está passando por um momento de reestruturação, uma das dúvidas mais recorrentes é como formar o preço de um produto/serviço levando em consideração que seja competitivo perante o mercado e que não traga prejuízos para o negócio.

Existem algumas metodologias conhecidas no mercado para se chegar no preço final de venda, como margem de contribuição, markup, pesquisa de preços ou fórmula baseada no lucro.


Porém, quando um micro ou pequeno empresário leigo no assunto começa a estudar um pouco mais sobre essas metodologias para aplicar em seu negócio, acaba dando um nó na cabeça e não sai mais nada.


Diante dessa dificuldade, resolvi escrever de forma clara, objetiva, simples e didática como deve ser a formação do preço para que micro e pequenos empresários tenham lucro no final do dia.



Para produto


1º passo: levantar todos os custos (salários, aluguel, material de limpeza, matéria de escritório, pro labore/dividendos, energia elétrica, água, telefone, internet, etc);


2º passo: calcular os encargos sobre o preço de venda (Exemplo: comissão sobre as vendas – 5% + inadimplência – 2% + impostos sobre o produto – 4% = 11%, portanto o percentual dos encargos será de 11%);


3º passo: determinar a margem de lucro. Não adianta querer uma margem de lucro de 100%, se o mercado pratica uma margem de 20%, pois você não será competitivo no preço, portanto, escolha uma margem de lucro viável;


4º passo: formar o preço considerando os 3 primeiros passos da seguinte forma:

Em um exemplo simples, digamos que temos:


Custos (energia + aluguel + salários + água

+ internet + telefone + produto para revenda) = R$ 1.000,00 (C)

Margem de lucro = 25% = 0,25 (M)

Percentual de encargos = 11% = 0,11 (E)


Dessa forma, o preço deverá ser

P = C(1+M) / (1-E) = 1.000,00 x (1 + 0,25) / (1 – 0,11) = 1.000,00 x 1,25 / 0,89 = 1.250 / 0,89 = R$ 1.404,49


Ou seja, seu preço final é de R$ 1.404,49.


Porém é necessário levar em consideração que a energia, o aluguel, os salários, a internet, entre outros custos indiretos deverão ser rateados para todos os produtos, e não considerados com o valor integral na formação de preço de cada um.


Observe também o preço de mercado, pois se o seu valor de venda está maior que a concorrência, provavelmente você não seja competitivo e seja melhor repensar a venda desse produto.


Para serviços


1º passo: quantificar o tempo gasto em um serviço (fazer a manutenção em um poço demanda 6 horas, ou fazer uma consultoria de processos industriais simples demanda 32 horas);


2º passo: quantificar a desistência dos clientes (o número de clientes numa academia reduz em determinado período do ano, ou os serviços de marketing são sazonais);


3º passo: levantar todos os custos;


4º passo: calcular os encargos sobre o valor dos serviços;


5º passo: determinar a margem de lucro;


6º passo: Determinar as horas a serem trabalhadas por mês;


7º passo: formar o preço considerando os passos anteriores.


Vamos usar a mesma fórmula de produtos para esse exemplo.

Supondo que a Consultoria VVV começou com um computador no valor de R$ 4.000,00 e que gasta em média 6 horas numa consultoria.


Tempo gasto: 1 hora

Desistência dos clientes: 5% dos clientes não continuam a consultoria

Custos: coworking, telefone e internet por R$ 1.500,00

Encargos: impostos 6% + comissão indicação 10% = 16% = 0,16

Margem de lucro: 30% = 0,3

Horas máximas a serem trabalhadas/mês: 160 horas

A Consultoria VVV quer receber o retorno sobre o computador que investiu em até 20 meses.


Dessa forma, podemos calcular o seu preço da seguinte forma:


Computador = 4.000,00 / 20 = R$ 200,00 por mês de custo a maior, portanto o custo total será de R$ 1.700,00.

Preço = (Custos x (1 + Margem de Lucro) / (1 – Encargos)) / horas trabalhadas = (1.700,00 x (1 + 0,3) / (1 – 0,16)) / 160 = (1.700,00 x 1,3 / 0,84) / 160 = 2.630,95 / 160 = R$ 16,44.

Ou seja, o valor da sua hora é de no mínimo R$ 16,44.



Mas digamos que um consultor no mercado cobre R$ 120,00 a hora, então você deve cobrar próximo a esse valor.



Tentei simplificar ao máximo como você, pequeno empresário, pode formar seu preço sem ter prejuízo ou até mesmo descontinuar um serviço/produto. Calcular a melhor formação de preço é fundamental para a solvência da empresa.



Caso ainda surjam dúvidas, conte com a equipe da Standard Contabilidade para lhe ajudar. Contamos com contadores, economistas e administradores para dar o melhor suporte.


Para um estudo mais aprofundado, sugiro ler o conteúdo da página http://www.ief.com.br/forpreco.htm.



Conte conosco para esta parceria! Estamos à sua disposição

Marque um horário conosco sem compromisso que lhe mostraremos por A + B todas estas vantagens 😉




Entre em contato conosco pelo nosso site, e-mail, WhatsApp ou telefone.

Site: www.standardassessoria.com.br

Telefone: (11) 3542-6405

WhatsApp: (11) 97763-5336

E-mail: contato@standardassessoria.com.br





Curta nossa Fanpage!



Uma página dedicada à empreendedores com uma curadoria de dicas e informações que temos certeza, vai lhe ajudar no dia-a-dia na sua empresa!


whatsapp-logo.png

Ligue agora ou fale conosco pelo nosso WhatsApp 

A Standard Contabilidade cuida das rotinas tributárias, contábeis, trabalhistas e financeiras da sua empresa, pra você ter tempo livre. São mais de 13 anos de experiência com empresas de vários portes, de serviços, comércio e indústria.

Fone: (11) 3542-6405
Email: contato@standardassessoria.com.br
standardcontabilidade.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Twitter

Conheça nossos Planos

Acesso Rápido

2019 © Copyright. STANDARD CONTABILIDADE - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MOHAP Digital 

SA_icone_cliente-05.png
FALE CONOSCO STANDARD CONTABILIDADE.png